Preservação

Preservação

“Água é Vida” finaliza programação

O tema foi a preservação dos riachos e rios

Publicado em: 24/03/2017 por William Castro

Secretaria do Meio Ambiente

“Água é Vida” finaliza programação

Crianças participam do plantio de mudas (Foto: Dávila Henrique)

Durou quatro dias, até a última quinta-feira, 23, o projeto “Água é Vida”, na Lagoa das Garças, no Bairro Jardim Morada do Sol. Aberto no dia 20, o público teve acesso a palestras, orientações e visitas técnicas a algumas nascentes de afluentes do Rio Tocantins, além de acompanhar o plantio de mudas. O evento teve a presença dos acadêmicos de Ciências Biológicas, da Universidade Estadual do Maranhão (UemaSul).

Alusiva ao Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, a iniciativa serviu para mobilizar a população imperatrizense sobre a manutenção das nascentes, riachos e do próprio Rio Tocantins. Ao longo do projeto, foram distribuídas sacolas de lixo para carro, panfletos educativos e doadas mais de 600 mudas, pela Secretaria de Meio Ambientel e Recursos Hídricos (Semmarh).

As ações da equipe do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) superaram as expectativas. “Eu estou bem otimista. A programação, desde a abertura, foi muito proveitosa e o trabalho do NEA, juntamente com o pessoal da assessoria de projetos especiais, foi de grande importância” - elogiou a secretária Rosa Arruda. Ela enfatizou que a iniciativa não é voltada apenas para datas comemorativas. "Vamos desenvolver  diversas atividades no decorrer ano"- afirmou ela.

Sobre a Lagoa das Garças, o biólogo e professor do curso da UemaSul, Marcelo Francisco da Silva, afirma que “há pouco tempo essa área ainda era desconhecida. Numa reunião, propus à equipe da Secretaria do meio Ambiente que viesse conhecer o local. Eles abraçaram a ideia e já está sendo discutida a proposta de torná-lo uma Área de Proteção Permanente (APP)”.

O ativista ambiental João BoscoBritotambém esteve na Lagoa das Garças e parabenizou o trabalho desenvolvido pela secretária. Ele destacou a relevância de cuidar das nascentes e das matas. “Esse é o primeiro governo municipal imperatrizense voltado para este tipo de ação”, ressaltou.

Preservação

Apaixone-se por Imperatriz